13.2.13

Para ti

Fiz os versos mais curtos
Quando o ritmo era o mais lento
O longo das palavras vinham desse ritmo
(Através dele, os versos cresciam)

Veja!
Há um sol frio como as outras estrelas!
Espelho prata
Redondo intenso

Veja!
Entoei um mantra
Sou uma flor agora
Meu poema aflora
Junto ao toque seu

Seja!
O melhor que pode ser
Ao buscar porquês
Desapegado de suas questões

Dance!
Sobre as imprevisíveis pedras
Desse nosso chão

Salte!
O mar é imenso
Todo nosso
Todo feito
Para ti.


Rebeca dos Anjos - carnaval em Paraty, RJ.

Um comentário:

Milene Cristina Silva disse...

Nossa que lindo, senti algo tão bom, deu vontade de ser feliz.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...