8.3.12

Eu ando pelo mundo



Desde criança faço as malas
Para chegar ou partir
Viajante na vida
Sempre de passagem
Conheço o devir

Enquanto passo
Permaneço
Assim aprendi:
Amar com desapego
Eu vou e deixo ir

Me entrego
Choro
Sigo
Persisto
Renovo

Pulo da pedra mais alta.

A verdade é a aventura que mais me importa.

Rebeca dos Anjos - no Chile

Um comentário:

Lu Rosário disse...

E cada ida, volta e cada desapego..provocam outras sensações e mais um tanto de inspirações.

Nós, leitores, agradecemos.

Beijos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...