25.11.11

Sobre cicatrizes

Não nego: fiquei assustada com aquela deformidade. Era nítido resultado de um tropeço, grande tropeço, numa dessas pedras que a vida coloca no caminho da gente.
Ela sentou ao meu lado e tudo o que fiz foi tratá-la como se ela não estivesse ali - como eu faria com qualquer desconhecido sem marcas.
Beleza é frágil flor, eu pensei.
Em todo caule há espinhos, continuei.
E reguei minhas raízes.

4 comentários:

Ana Rita Profirio disse...

Belo! E melancòlico!!

Beijos Rebeca!! LIndo final de semana!!

Fred Caju disse...

Muito bom. Mesmo!

FelisJunior disse...

...gostei...e como não estou "bom" para coments...é só isto...rs (levei uma "invertida", rs)
Bom domingo!
(mudou a autora do blog...ou foto nova?)antigamente as mulheres gostavam de trocar de joias, carros, sapatos, maridos, rs, agora, gostam de trocar fotos do perfil.
Bye! Bom domingo!

Rebeca dos Anjos disse...

Obrigada, gente! :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...