6.4.12

Like

Vou escrever um poema "mega"
Sobre o que vejo e faço no facebook
Pra parecer ter atitude
E que faço análise comportamental:

Vou falar mal de homem
Dizer que eu tô carente
Que preciso de silicone
Que a tua inveja
Me alimenta
Que a minha bunda só aumenta
Que eu sou feliz
Quando viajo pra Paris

Vou dizer que tenho sorte
Que quando eu acordo
O sol nasce
Que à noite
O sol se esconde

Que eu malho, estudo e trabalho
Faço check-in por onde eu passo

Vou mandar uma indireta
Pra mulé que eu chamo de cadela
Pra ela saber que eu tô de olho nela
E que meu olho turco me livra do mal

Vou também falar mal do Brasil
Uma bosta de país
Que só me importa no carnaval

Vou falar mal do trânsito
Do emprego
De ter que acordar cedo
Da falta de dinheiro
E compartilhar notícias do jornal

Vou também compartilhar poesia
Divulgar filosofia
Dizer pra todo mundo que
Sou esperto e culto
E sei mais do que o Bial

Na hora do futebol
Eu vou digitar
"Nense"
Gritando solenemente
No mundo virtual

Já que a casa tá vazia
A rua tá estranha
A sexta não me chama
Tem alguém nem na portaria
Vou curtir na rede social

E assim as horas passam
E a vida segue
Atualizando -
Menos na vida real

Rebeca dos Anjos

2 comentários:

Lu Rosário disse...

Adoreeei!
Tudo isso que você escreveu é verdade verdadeira!

Esse mundo das reeds virtuais nos desvirtua.

Beijos.

Raphael Grizotte disse...

Pocha eu custo me socializar nessas coisas e vem você com essa critica bem bolada em forma de poema!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...