16.4.07

Retrato das ruas de dentro do centro da cidade.

O animal que comia lixo era da minha espécie. Por isso eu imagino a dor que ele sente.
Mas não cabe imaginação num choque de realidade.

7 comentários:

O empírico disse...

...

Lu Rosário disse...

é triste saber que somos iguais e vivemos de forma desigual.

Beijos.

Vortex Project disse...

Rápido e certeiro, como uma flecha rasgando a consciência e marcando uma cicatriz. Em poucas palavras muito para pensar, mas muitos de nós sequer tenta imaginar-se do outro lado, por isso não se chocam. Cega pela banalização da injustiça, a sociedade parece perder a capacidade de distinguir o mal e o bem.

abs
To0t41

fabiano Silmes disse...

Às vezes quando eu saio para o coração da noite e me deparo com estás tristes visões...me pergunto até quando isto irá continuar...que mundo estranho é este onde a distância dos que vivem e dos que simplesmente existem é separada apenas pelo choque e pela indiferença...O grande Manuel Bandeira fez um poema chamado "O Bicho" Quem tem a temática semelhante ao teu texo...Infelizmente ele continua atual e pelo que vejo perpetuado em nós como uma cicatriz que o tempo insiste e não fechar.

Lu Rosário disse...

Oi Beca, tudo bem?
Nunca mais nos falamos... vc anda sumida hein? O que houve? Anda lutando com o tempo?..hehehe.

Obrigada pela ida em meu blog.

Beijão.

ludmilesca disse...

Nem cabe mesmo.

A realidade desmonta a nossa alma às vezes.

GUSTO VIBE disse...

Não é preciso ir longe para se deparar com tamanha realidade.
Realmente não cabe imaginação, porem existi falta de imaginação e criatividade do GOVERNO para que isso não se agrave mais...
O pouco que a gente faz é muito, mas o muito ainda é pouco!!!

Um abraço!

Comente no meu blog também, é sempre bom ver uma opinião diferente.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...