3.12.11

Há-Temporal

Não há relógios aqui. Não há tempo que passe. Há passos. Pra frente ou pro lado. Hora nova. Nova hora.

Feita de passos não contados.
Sobre nuvens.
Que molham o tempo.

6 comentários:

Elisa Cunha disse...

O tempo é tão complexo que simplificamos dizendo que ele, na verdade, não existe. rs

Muito obrigada por ter visitado o blog e compartilhado o vídeo. Fico muito feliz com isso, mesmo. Ainda mais vindo da dona de um blog tão bom...
Beijos.

O Profeta disse...

Ah este poeta das confusas palavras
Cantador de todas as canções de tristeza
Trovador vestido de arlequim trapeiro
Fazendo vénias a uma imaginada realeza

Que diz palavra sobre palavra
Às vezes fica mudo com um olhar de dor
Dos seus lábios escorrem sons sem sentido
Porque…Às Vezes Há Palavras Que São Como Fazer Amor…


Doce beijo

Raphael Grizotte disse...

Estamos vivendo um momento Zen !Quanto tempo deve ter passado?
Adorei...

Ana Claudia disse...

Estou aqui há tempos...

EM Senador João Lyra Tavares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiane Leal disse...

Ah, se eu pudesse medir o tempo em saudades, o tempo perderia graça.
O tempo me sequestra lembranças que ao recordar me sinto egoísta.

O tempo não sabe de tudo o que vive,
O tempo não sabe de todos os que conheci,
O tempo não sabe daqueles momentos inesquecível,
E o tempo não nos deixa voltar...

Resta lembrar e isso o tempo não pode me tirar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...