11.8.12

Pra quando você voltar



Salivo saudades
Engulo desejos
Guardando a sede
Pra quando você voltar

Escorro,
Determino:

Buscarei com a língua
A sede que eu sei guardada
Também na sua saliva

Mergulharei em ti,
Você nadará em mim

Os dois,
Tão vazios de água,
Ficaremos completos
No rio que somos
Quando com fogo
Inundamos a sala


3 comentários:

Lu Rosário disse...

Que LINDEZA!

...e eu acho que esqueci como se faz poesia.

Beijos!

Daniela Delias disse...

Que lindo esse retorno...

Bjo, bjo

Fabio Rocha disse...

Relendo sorrindo. :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...